quarta-feira, 7 de setembro de 2011

The Economist: Brazilian equivalents


Recente estudo da revista The Economist realiza uma comparação entre os estados brasileiros e países do mundo levando em conta o PIB, PIB per capta e população. Analisando os dados do Rio Grande do Sul, enquanto temos uma população comparável à da Belgica, nosso PIB compara-se ao do Qatar e o PIB per capta, ao do Gabão (e isso que estamos em 4º e 6º lugares, respectivamente, na comparação entre os demais estados da Federação). 

Brazilian equivalents
Which countries match the GDP and population of Brazil's states?

THE notion that Brazil is in the vanguard of a group of emerging countries on their way to economic superpower-dom is so widely accepted as to have become trite. But how far along this road is Brazil? One way to get a quick answer is to compare Brazilian states with countries. The map below presents country equivalents for every state in terms of GDP, GDP per person and population. It throws up some curiosities: who knew that Alagoas, a state in the north-east that is currently more famous for its murder rate than for its magnificent beaches, has the same GDP per person as China? It also suggests that even the comparatively rich states in the south and south-east have some way to go before they can be compared with wealthy places in the northern hemisphere. The gauchos of Rio Grande do Sul will not necessarily be delighted to learn that GDP per person in their state is close to that of Gabon.





Um comentário:

Caliendo disse...

Fiquei curioso com a seguinte afirmação da matéria: “The gauchos of Rio Grande do Sul will not necessarily be delighted to learn that GDP per person in their state is close to that of Gabon”. Vejamos os dados do Banco Mundial sobre o PIB per capita de alguns países comparados ao Gabão:
45- Gabão - 14,440
46 - México - 14,337
47 - Chile - 14,331
50 - Turquia - 13,905
51 - Uruguai - 13,208
59 - Venezuela - 12,341
63 - Brasil - 11,289
66 - África do Sul - 10,291
83 - China -6,838
O Gabão é um pobre país africano que produz petróleo, por isso os dados não refletem a realidade, visto que infelizmente o PIB per capita não representa necessariamente a presença de um IDH elevado, nem tampouco outros bons índices (Gini, alfabetização, etc.). Mais um uso equivocado de estatísticas.