segunda-feira, 21 de julho de 2008

Lei Seca: número de acidentes cai 20% no DF

O número de acidentes com mortes reduziu cerca de 20% no Distrito Federal durante o primeiro mês de aplicação da Lei Seca (Lei 11.705/08). O total de acidentes com vítimas fatais caiu de 34 para 27. Entretanto, o número de mortos diminuiu em uma proporção de apenas duas mortes a menos do que no mês anterior à lei, uma redução de 6% (35 mortes antes da lei para 33 com a nova norma).
O diretor-geral do Departamento de Trânsito (Detran) do DF, Jair Tedeschi, afirmou que esperava uma redução maior nos números de acidentes e mortos, mas que o processo de conscientização dos motoristas para que não bebam antes de dirigir é gradual. "Eu entendo que isso é uma questão de conscientização, de cultura, e que aos poucos vamos assimilando", declarou Tedeschi.
O diretor disse que o Detran vai intensificar ainda mais a fiscalização, inclusive com a compra de oito novos bafômetros, dobrando o número de aparelhos que o órgão possui atualmente. Os dados apresentados hoje pelo Detran mostram ainda que, durante o primeiro mês de vigor da Lei Seca, 175 motoristas foram autuados por embriaguez no DF.

Comentários: não sei se a manchete é essa. A verdadeira manchete deveria ser: fiscalização mais intensa diminui as mortes. Agora a estatística é um pouco confusa. Aparentemente diminuiram os acidentes com mortes, mas não significativamente o número de mortes (!!). Então será que aumentou a média de mortes por acidentes...mas qual a correlação disso com a nova lei...mero acaso...

Enfim, daqui há pouco não valerá mais a pena infelizmente o custo de prevenção...será isso possível...

Nenhum comentário: